RÁDIO BITURY

Postagem em destaque

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV 2016 - ETAPA BELO JARDIM

Apresentado pelo Instituto Conceição Moura, o festival No Ar Coquetel Molotov chega ao seu segundo ano na cidade de Belo Jardim, tra...

EVENTO; AEB - FBJ

EVENTO; AEB - FBJ

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

COMPESA ESCLARECE RACIONAMENTO DE ÁGUA EM BELO JARDIM E REGIÃO.

Gerente Regional GNR IPOJUCA, Bruno Adelino de Farias enviou uma nota ao Blog Folha de Belo Jardim, esclarecendo como está funcionando o racionamento de água me Belo Jardim e cidades que são abastecidas pelo Sistema Integrado Bitury / Ipojuca.
Abastecimento
Bruno Adelino: O sistema Integrado Bitury/Ipojuca funciona para as cidades de Belo jardim, Sanharó, Tacaimbó e São Bento do Una de forma igual, ou seja: Em uma semana a água vai para Belo jardim e Sanharó e na semana seguinte a água vai para São Bento do Una e Tacaimbó. Essa distribuição é equivalente na quantidade de dias, agora o que se diferencia é questão da distribuição da água em cada cidade.
Belo Jardim
     Em Belo Jardim temos a cidade dividida em dois setores, sendo  Centro, São Pedro, Edson Mororó Moura, Bom Conselho, Lagoa, Gameleira, Pontilhão, Felicianos e a Boa Vista, ficam 3 dias com água e 11 dias sem água; já os bairros Alto Limpo, Cohab I,II,III, Frei Damião, Viana e Moura, Maria Cristina, Teraza Mendonça, Floresta, Ponte Nova  e o Santo Antônio, ficam 4 dias com água e 11 dias sem água.
      Volume ofertado para Belo Jardim: 166.233.600,00 ( cento e sessenta e seis milhões duzentos e trinta e três e seiscentos) litros de água/mês.
      Sanharó
·     Em Sanharó temos para toda a cidade 7 dias com água e 7 dias sem água.
      Volume ofertado para Sanharó: 48.384.000,00 ( quarenta e oito milhões trezentos e oitenta e quatro mil) litros de água/mês.
      Tacaímbó
·    Em Tacaimbó temos uma situação muito pior na qual algumas ruas chegam a ficar até 30 dias sem água. A cidade  é a que temos a pior situação, isso por conta da adutora que sai de Belo Jardim e leva a água para Tacaimbó, como ela é muito antiga e está muito avariada em alguns trechos ela não transporta água suficiente para atender de forma satisfatória a cidade de Tacaimbó, porém a COMPESA está com obra em Tacaimbó pra melhorar essa questão do abastecimento.
      Volume ofertado para Tacaimbó: 23.328.000,00(vinte e três milhões trezentos e vinte e oito mil) litros de água/mês.
     São Bento do Una
     O município tem o racionamento de 7 dias com água e 7 sem água. O volume não foi possível medir no momento devido problemas técnicos.
     Observação: As cidades de Cachoeirinha, Lajedo e Pesqueira não são mais abastecidas pelo sistema integrado Bitury/Ipojuca.    
      Nível dos reservatórios:
    Foto: Barragem Severino Guerra ( Bitury)

Fonte: Apac - Agência Pernambucana de Águas e Clima
 Fonte: Emerson Nascimento/Bruno Adelino Farias (Gerente Regional GNR IPOJUCA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário