RÁDIO BITURY

Postagem em destaque

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV 2016 - ETAPA BELO JARDIM

Apresentado pelo Instituto Conceição Moura, o festival No Ar Coquetel Molotov chega ao seu segundo ano na cidade de Belo Jardim, tra...

EVENTO; AEB - FBJ

EVENTO; AEB - FBJ

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

TRE manteve a cassação do gestor e do vice-prefeito de São João e nova eleição será no dia 6 de abril


Com a nova eleição do município de São João marcada pelo TRE para o próximo dia 6 de abril, os candidatos à prefeitura correm contra o tempo para registrar as chapas. Ontem (11/02) à noite, no Recife, o vereador Jamesson Guilherme, o advogado Nelson Barbosa e farmacêutico Hugo Leonardo, conversaram e tentaram o entendimento para fechar uma chapa de união para disputar o pleito que acontecerá daqui a 61 dias. (Na foto: Hugo Leonardo, Jamesson Guilherme e Nélson Barbosa).

"O grupo está unido e em primeiro lugar estão os interesses do município de São João", disse Nelson, em contato telefônico com o blog de Roberto Almeida.

Os três estão na capital porque foram acompanhar o julgamento do Tribunal Eleitoral que manteve a cassação do prefeito Genaldi Zumba. A tendência agora é a partir da próxima semana concentrarem as forças em São João e começar o trabalho de conquistar votos.

A chapa do grupo oposicionista deverá estar registrada até o próximo sábado. O grupo do prefeito cassado certamente indicará um nome para concorrer nesta nova eleição. Dificilmente a disputa se dará com candidato único.

TRE MANTÉM CASSAÇÃO DE GENALDI. VEREADOR JAMESSON ASSUME A PREFEITURA DE SÃO JOÃO

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por seis 6 votos a 0 do pleno, negou o recurso (embargos infringentes) dos advogados do prefeito de São João, Genaldi Zumba (PSD) e manteve a cassação do gestor e do vice-prefeito José Costa. Os dois foram punidos por irregularidades na prestação das contas da campanha política de 2012.

Com a decisão do TRE, o presidente da Câmara Municipal, vereador Jamesson Guilherme (PR) assume a prefeitura e deve ficar no cargo desta vez até a realização de uma nova eleição. O Tribunal ainda hoje deve marcar a data do novo pleito.

Genaldi, que venceu na eleição de dois anos atrás o advogado Nélson Barbosa (PSB), ainda tem o direito de recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral, mas caso a decisão de Recife seja mantida nem ele nem seu vice poderão disputar nenhum cargo público nos próximos 8 anos.

Jamesson Guilherme e Nelson Barbosa são por enquanto os nomes mais cotados para encabeçarem uma chapa contra o grupo do prefeito cassado.
Roberto Almeida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário