RÁDIO BITURY

Postagem em destaque

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV 2016 - ETAPA BELO JARDIM

Apresentado pelo Instituto Conceição Moura, o festival No Ar Coquetel Molotov chega ao seu segundo ano na cidade de Belo Jardim, tra...

EVENTO; AEB - FBJ

EVENTO; AEB - FBJ

sábado, 27 de abril de 2013

CEHM lança Livro sobre o Município de Tacaimbó - “Tacaimbó, desde o Caminho das Boiadas”


O Centro de Estudos de História Municipal – CEHM lança nesta quinta-feira (25), às 16h30, os livros “Tacaimbó, desde o Caminho das Boiadas”, de Valdir de Araújo Beltrão e o “Livro de Vínculo do Morgado da Casa da Torre”, de Yony Sampaio. O lançamento será realizado no auditório da Agência Condepe/Fidem, localizado no bairro da Boa Vista.

Na obra “Tacaimbó, desde o caminho das Boiadas”, o autor aborda o existencialismo ao refletir sobre a efemeridade do momento presente face a rápida e constante transformação deste em passado. Objeto de pesquisa, o livro visa oferecer ao leitor informações acerca de aspectos sociais, culturais e políticos ao detalhar sobre o desenvolvimento da sociedade no tempo e no espaço do município de Tacaímbo.

Professor da Universidade Federal de Pernambuco, o pesquisador e economista Yony Sampaio apresenta no “Livro de Vínculo do Morgado da Casa da Torre”, a reconstituição histórica da ocupação dos sertões de Pernambuco e Bahia, entre as últimas décadas do século XVIII e as primeiras do século XIX. A obra possui 292 registros e mapas das fazendas de gado e os sítios agrícolas situados nos brejos e nas serras do Grande do Pajeú, da Boa Vista e do Irapuá.

Centro de Estudos de História Municipal (CEHM) - Criado em 1976, tem a finalidade de congregar pesquisadores
e historiadores para resgatar, divulgar e preservar a história municipal pernambucana. As atividades do CEHM compreendem o fomento à publicação de obras de historiadores municipais, o reconhecimento de documentação de natureza histórica relativa aos municípios, divulgação de trabalhos e
pesquisas históricas, além da proposição de medidas para preservação da memória das cidades pernambucanas, contribuindo para que a população conheça o passado de suas urbes.


Dárcio Rabelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário