RÁDIO BITURY

Postagem em destaque

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV 2016 - ETAPA BELO JARDIM

Apresentado pelo Instituto Conceição Moura, o festival No Ar Coquetel Molotov chega ao seu segundo ano na cidade de Belo Jardim, tra...

EVENTO; AEB - FBJ

EVENTO; AEB - FBJ

domingo, 13 de outubro de 2013

SEIS CORRENTES DO PT ENTREGAM CARGOS NO GOVERNO DE PERNAMBUCO

 / Foto: Bruna Serra/JC

Foto: Bruna Serra/JC

Grupo ocupa 25 cargos comissionados na gestão do governador Eduardo Campos. Direção estadual reunirá alas ligadas a João da Costa para decidir pela ruptura total

Integrantes da corrente Construindo um Novo Brasil (CNB) e de outras cinco tendências do PT decidiram, neste domingo (13), que vão entregar os cargos que ocupam no governo do Estado e na Prefeitura do Recife (PCR). Atualmente, esse grupo ocupa 25 cargos no Executivo estadual. Entre os que estão de saída da gestão Eduardo está o secretário de Cultura, Fernando Duarte. Nesta segunda-feira (14), a direção estadual vai reunir as outras alas do partido, incluindo os setores ligados ao ex-prefeito João da Costa, para decidir pela ruptura total com a administração do socialista.
"Nosso posicionamento é pela reciprocidade e que fosse feito de imediato por nós. Consideramos algumas ponderações da resolução (da direção) nacional e iniciamos diálogos com a nacional para que fosse tomada uma decisão afinada. Isso porque estamos vindo de uma aliança que no Brasil e em Pernambuco está junta há mais de 15 anos", explicou Bruno Ribeiro, candidato à presidência estadual do PT pela CNB, durante coletiva, nesta tarde.
Atualmente, o PT comanda apenas a Secretaria de Cultura e a secretaria-executiva de Agricultura, com Oscar Barreto - presidente do PT Recife -, no primeiro escalão do governo Eduardo Campos. Os demais cargos estão pulverizados nos segundo e terceiro escalão da gestão do socialista. No início do segundo mandato do governador Eduardo Campos, além da Cultura, os petistas comandavam as secretarias de Transporte, com Isaltino Nascimento, e de Governo, com Maurício Rands. Os dois últimos, na reta final das filiações, passaram a integrar as fileiras socialistas. Na Prefeitura do Recife, o Partido dos Trabalhadores é representado por Eduardo Granja (Habitação), indicado pelo grupo do ex-prefeito João da Costa.
No mês passado, o PSB do governador Eduardo Campos entregou todos os cargos que ocupava na gestão da presidente Dilma Rousseff (PT). A saída, segundo explicou Eduardo, na ocasião, foi tomada para deixar tanto o partido quanto a mandatária mais à vontade. Socialistas comandavam o Ministério da Integração Nacional, com Fernando Bezerra Coelho, e a Secretaria Especial dos Portos, com Leônidas Cristino. Desde confirmada o desembarque, o PSB intensificou as articulações para consolidar uma candidatura à Presidência da República, em 2014. O ápice ocorreu no sábado (5) - último dia de troca-troca partidário -, com a filiação da ex-senadora Marina Silva.
Com informações da repórter Bruna Serra, do Jornal do Comercio

DO JC ONLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário