RÁDIO BITURY

Postagem em destaque

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV 2016 - ETAPA BELO JARDIM

Apresentado pelo Instituto Conceição Moura, o festival No Ar Coquetel Molotov chega ao seu segundo ano na cidade de Belo Jardim, tra...

EVENTO; AEB - FBJ

EVENTO; AEB - FBJ

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Audiência com acusados de assassinar garoto em ritual de magia negra acontece em Brejo da Madre de Deus - PE

Genival atraiu o menino para o local e estuprou o garoto. Edileuza assistiu tudo.
Assassinos de Flânio Macedo voltarão para nova audiência

A cidade de Brejo da Madre de Deus parou ontem para ver a chegada dos acusados de estuprar e assassinar em ritual de magia negra, o menino Flânio Macedo, cujo caso teve repercussão nacional. O crime brutal aconteceu no dia 1º de julho de 2012 na zona rural de São Domingos.

Pai Nau estuprou e matou
Ednaldo Justos dos Santos (Pai Nau), Edílson da Costa Silva (Pai Dení), Genival Rafael da Costa (Pai Véi), são acusados de assassinato e estupro do menino Flânio Macedo que contava com 9 anos na época que foi “sacrificado em ritual de magia negra”.

A senhora Maria Edileuza confessou na época da prisão ter apenas assistido o crime. 

Testemunhas foram ouvidas pela juíza Marcijara Arruda, sendo que algumas testemunhas de defesa não compareceram a audiência.
Pai Dení é acusado de participação no crime de Flânio Macedo

A mãe do garoto Flânio Macedo, Luzinete Amara da Silva, acompanhou a movimentação e disse ao blog Agreste Notícias que a justiça sendo feita.

“Era o que eu esperava que a justiça fosse feita para esses demônios pagarem o que fizeram com meu filho. Eles são um comboio de monstros que tiveram a capacidade de estupra uma criança”, desabafou ao blog.

Devido à ausência de algumas testemunhas, os acusados não foram ouvidos, mas voltaram no dia 13 de novembro para nova audiência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário