RÁDIO BITURY

Postagem em destaque

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV 2016 - ETAPA BELO JARDIM

Apresentado pelo Instituto Conceição Moura, o festival No Ar Coquetel Molotov chega ao seu segundo ano na cidade de Belo Jardim, tra...

EVENTO; AEB - FBJ

EVENTO; AEB - FBJ

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Superlotação do HGV é tema de reunião no Cremepe

O Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) realizou, na noite de terça-feira (29.10), uma plenária extraordinária com os médicos e gestores do Hospital Getúlio Vargas (HGV), na sede da entidade. A reunião foi para discutir a superlotação da emergência e da sala de recuperação. Segundo os médicos do HGV, o setor de ortopedia do hospital é o mais prejudicado por causa do excesso de pacientes vítimas de acidentes de motos.
Para o presidente do Cremepe, Sílvio Rodrigues, o encontro com médicos e gestores do Hospital Getúlio Vargas foi uma oportunidade para iniciar as discussões sobre as deficiências da unidade e estabelecer caminhos que levem à resolução dos problemas. "A finalidade da plenária é ouvir as queixas dos médicos e definir prazos junto aos gestores da unidade" - explicou.
Os médicos denunciaram ainda a falta de leitos de retaguarda, de anestesistas e de instrumentação. Segundo um dos ortopedistas da unidade, o problema é que, além da alta demanda de pacientes que chegam, são poucos os que recebem alta num curto espaço tempo por causa da gravidade dos acidentes que envolvem motos. E citou também a falta de vagas na UTI e a demora para que os exames e pareceres fiquem prontos. Foi citado o caso de uma senhora que esperou mais de 70 dias por uma cirurgia.
Diante do quadro, ficou estabelecido que haverá reuniões permanentes entre representantes da diretoria e do corpo clínico do HGV, da Secretaria de Saúde e do Cremepe até que os problemas sejam resolvidos . O próximo encontro já está marcado para a quarta-feira (06.11), na sede do Conselho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário