RÁDIO BITURY

Postagem em destaque

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV 2016 - ETAPA BELO JARDIM

Apresentado pelo Instituto Conceição Moura, o festival No Ar Coquetel Molotov chega ao seu segundo ano na cidade de Belo Jardim, tra...

EVENTO; AEB - FBJ

EVENTO; AEB - FBJ

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

EDUCAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA; QUANDO TEREMOS DE FATO?

Qualquer País desenvolvido, civilizado que comumente é definido como “País de Primeiro Mundo”, se sustenta num tripé que agrega EDUCAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA. O resto se consegue consequentemente. É notório que um País que investe bem, correto e honestamente na educação gasta muito menos com a saúde e tem mais segurança, pois o povo educado adoece muito menos, uma vez que ele tem conhecimento suficiente para se prevenir, fazer tudo como manda o figurino no que diz respeito à saúde, sabe respeitar o meio ambiente, é cumpridor com os deveres, e comete infinitamente menos crime. Por que isso acontece? Porque é educado.

Bom, foi criado o PISO SALARIAL dos professores e ainda existem cidades no Brasil, por incrível que pareça não está cumprindo com a Lei e têm delas que estão cumprindo, paga o piso salarial, porém, por outro lado, retiram gratificações adquiridas importantes, ou seja, dá por um lado, tira por outro e o PROFESSOR fica ah! É, é? Ah! É, é?

No dia 23 de outubro estava previsto a votação que iria assegurar o Piso Salarial dos AGENTES DE SAÚDE, profissionais de grande importância na cadeia saúde/família. Mas, atenção! Os Partidos PT, PMDB, PP e o PROS que dão sustentação ao governo Dilma resolveram mudar de posição e encaminharam obstrução à votação. Mesmo assim, os defensores da votação da urgência, inclusive Mendonça Filho, conseguiram aprovar o requerimento. Ao ser anunciada a aprovação da urgência, os agentes de saúde que estavam presentes e deputados defensores da proposta, cantaram o Hino Nacional no plenário da Câmara e foi adiada para o dia 5 de novembro próximo.
Já na área de SEGURANÇA há um bom tempo os policiais estão esperando pela PEC 300/08 que estabelece um piso remuneratório nacional para policiais militares, civis e corpo de bombeiros. Na época das eleições todo candidato promete Educação, Saúde e Segurança. Porém, pra quando e em que nível? Estamos esperando...
-prsantos-

Nenhum comentário:

Postar um comentário