RÁDIO BITURY

Postagem em destaque

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV 2016 - ETAPA BELO JARDIM

Apresentado pelo Instituto Conceição Moura, o festival No Ar Coquetel Molotov chega ao seu segundo ano na cidade de Belo Jardim, tra...

EVENTO; AEB - FBJ

EVENTO; AEB - FBJ

terça-feira, 8 de outubro de 2013

BNB reúne parceiros para definir aplicação do FNE em 2014

O Banco do Nordeste reúne nesta terça-feira, 8, representantes de todos os segmentos produtivos para discutir a elaboração do Plano de Aplicação de Recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para 2014. O orçamento projetado do FNE para o próximo ano é de R$ 13,1 bilhões, uma elevação de 14% em relação a 2013, considerando todos os Estados da área de atuação do Banco (Nordeste, Norte de Minas Gerais e Norte do Espírito Santo). Para Pernambuco, será destinado R$ 1,9 bilhão. A ideia do evento é definir estimativas de financiamento considerando as perspectivas de projetos em carteira, nos segmentos rural, industrial, comércio e serviços, infraestrutura, turismo e agroindústria.
O encontro será iniciado com uma videoconferência, a partir de Fortaleza. Em seguida, serão iniciadas as programações locais, para apresentação das aplicações históricas do FNE em cada Estado, discussão das estimativas e projetos apresentados pelos parceiros, definição da distribuição percentual dos recursos e agenda de compromissos por setor.
A programação do FNE segue as diretrizes e projeções preliminares do Ministério da Integração Nacional e da Sudene. Entre as alterações propostas nos programas para o próximo ano estão a inclusão do financiamento isolado de construção civil, o financiamento à assistência técnica no FNE Irrigação e a inclusão do financiamento de insumos para empresas prestadoras de serviços de porte Pequeno-Médio.
Do total de recursos previstos no orçamento para 2014, cerca de 50% terão que ser aplicados no Semiárido e 51% serão destinados para beneficiários de mini, micro, pequeno e pequeno-médio portes, público prioritário para os fundos constitucionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário