RÁDIO BITURY

Postagem em destaque

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV 2016 - ETAPA BELO JARDIM

Apresentado pelo Instituto Conceição Moura, o festival No Ar Coquetel Molotov chega ao seu segundo ano na cidade de Belo Jardim, tra...

EVENTO; AEB - FBJ

EVENTO; AEB - FBJ

domingo, 18 de agosto de 2013

Alunos e professores aprovam aulão da Globo em Belo Jardim no Agreste


Cinco horas de aula seguidas não foram suficientes para cansar os alunos que participaram do aulão do Projeto Educação, que aconteceu na tarde deste sábado em Belo Jardim, Agreste do Estado. Mais de 3 mil alunos, de 178 instituições, puderam acompanhar os 22 professores do Projeto e conferir conteúdos de todas as disciplinas. Foi a primeira vez que o aulão preparatório para o vestibular aconteceu no interior.
O professor Nestor Accioly, de português, aprovou a iniciativa de levar o projeto aos alunos do Agreste e do Sertão de Pernambuco. "Temos que observar que nós fomos ao aluno. E educação é justamente isso, uma busca, para recebermos em troca. Educar é mostrar um leque de visões aos alunos, para que ele escolha seu caminho. E fizemos isso com essa variadade de estilos, de pessoas", comentou.
E motivação não faltou durante a maratona de aulas. Ginástica, música e interação ajudaram a tornar os conteúdos do vestibular mais fáceis de assimilar. O grupo que veio da Escola de Referência de Ensino Médio (Erem) Prof. José Constantino, em Agrestina, era só animação na saída da Cia do Lazer, local das aulas, em Belo Jardim. "Foi tudo muito bom, e bem perto de casa. Acho que, no Recife, não teríamos como ir. E as dicas de todas as matérias foram muito boas, principalmente de química, com os experimentos", contou a estudante Maria Mônica de Lira.
A primeira aula assistida pelos alunos foi a de Física. Os professores Beraldo Neto e Diego Mendonça falaram sobre energia térmica e elétrica, dando exemplos práticos aos alunos, como usina de fissão nuclear. Em seguida, foram conferidos assuntos como sistema circulatório e mamíferos, com os professores de biologia, Fernando Beltrão e Geraldo Moura. Beltrão emocionou a plateia ao lembrar dos primeiros anos da vida de estudante, quando precisou de muito esforço para passar no vestibular de medicina e cursar a faculdade. A terceira aula foi de português, com Nestor Accioly e Vicente Santos, que interpretaram músicas de Luan Santana e Guilherme Arantes.
Os alunos conferiram ainda assuntos de literatura, com Flávia Suassuna, e redação, com Fernanda Bérgamo. "É uma felicidade muito grande participar desses momentos, porque a gente sabe que esses alunos buscam aprender. E o Projeto Educação está evoluindo por mostrar que há esse cuidado também com eles", contou a professora.
Em seguida, Marco Antônio e Otacílio Barreto, de inglês, usaram a música "Viva la Vida", da banda Coldplay, para dar de dicas de interpretação de texto. As professoras Flavia Conceição e Ana Carla de Andrade relacionaram a realidade do Brasil com textos escritos em língua espanhola. "Adoramos a aula de espanhol porque relacionou com o nosso contexto, é mais legal de aprender e assimilar", destacou Ajana Fonseca, que enfrentou mais de cinco horas de viagem, da cidade de Mirandiba, no Agreste, até Belo Jardim.
Geografia, com Kiko Santos e Vinícius Ribeiro, foi a oitava disciplina. Os assuntos discutidos foram geomorfologia e aquecimento global. História Geral, com Manoel Affonso e Ricardo Gomes, abordou a revolução francesa e capitalismo industrial. Em seguida, Lula Couto e Paulo Chaves falaram sobre o início da república brasileira e da colonização do país. Fábio Medeiros, de sociologia e filosofia, discutiu mitos com exemplos práticos do dia a dia. Em matemática, Aliomar Santos e Marcello Menezes resolveram questões de geometria.
Por último, o professor Gilton Lyra fez experimentos na aula de química. Com exemplos práticos, falou de gases e química dos alimentos. "A gente aguentaria ainda mais uma hora, porque as aulas são muito legais. Nunca tinha aprendido química desse jeito; foi tudo muito bom", disse Adriana Santana, da cidade de Agrestina.
O aulão do Contagem Regressiva, da Globo Nordeste, acontece também em a parceria com o governo do estado. O secretário executivo de Educação, Paulo Dutra, esteve presente e a aprovou a iniciativa que mobilizou toda a rede de educação do interior de Pernambuco. "Isso é uma aula pra vida. Tenho certeza que cada um aqui vai levar esse momento para sempre, mesmo depois de vestibulares, Enem. Foi uma mobilização muito grande para termos tudo isso aqui", contou o secretário.
O Projeto Educação continua com a exibição de matérias nos telejornais da Globo Nordeste, de terça a sexta. Os alunos podem conferir os vídeos depois no G1, onde também serão realizados chats ao vivo com os professores, todas as semanas. O aulão do Contagem Regressiva do Recife acontecerá no mês de outubro, próximo à realização do Enem.

Fonte: BJ na Net

Nenhum comentário:

Postar um comentário