twitter Facebook Google Pluss Youtube Google Pluss
Anuncie aqui!

RÁDIO BITURY


“Será o maior hospital entregue pelo nosso Governo e o maior equipamento da saúde pública no interior”. Assim o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, definiu o Hospital Mestre Vitalino (HMV), que começou a ser construído desde o dia 30 de Novembro passado, às margens da BR-104, em Caruaru, no Agreste pernambucano. O investimento é de R$ 75 milhões e a inauguração está prevista para junho de 2013.
O HMV será o quarto hospital inaugurado pela atual gestão estadual que já entregou o Miguel Arraes (Paulista) e o Dom Hélder (Cabo) e, no dia 08 abriu as portas do Pelópidas Silveira (Curado). O Mestre Vitalino vai realizar atendimentos de média e alta complexidade e beneficiar 1,2 milhão de pernambucanos de 32 municípios da região. Gente como a bezerrense Dayse Gomes, 26. “Estávamos mesmo precisando desse apoio. Vai ajudar, com certeza, antes, dependendo do caso, tínhamos de ir até para o Recife”, disse a jovem.
Quando estiver em pleno funcionamento, o HMV terá capacidade de atender 6 mil pacientes por mês na urgência e emergência. Para efeito comparativo, o Hospital Miguel Arraes atende 4.300. O hospital caruaruense vai oferecer internação e atendimento ambulatorial – mil consultas/mês - de egressos em Clínica Médica, Cirurgia Geral, Neurologia Clínica, Cirurgia Vascular, Psiquiatria, Pediatria Clínica e Cirúrgica, Cardiologia, Urologia e Oncologia. “É a primeira urgência cardiológica de verdade no interior de Pernambuco”, afirmou o secretário de Saúde, Antonio Carlos Figueira.
A prefeitura de Caruaru doou o terreno de 4,7 hectares (equivalente a quase cinco campos de futebol) onde vai ficar o hospital. “Estamos satisfeitos com o volume de obras da saúde para o município, vamos ter a maior estrutura de saúde do interior”, frisou o gestor municipal José Queiroz, referindo-se à UPA que já está funcionando na cidade à UPA Especialidades recém-anunciada e à reforma no Hospital Regional do Agreste (HRA).
Recentemente o governador inaugurou a ampliação da emergência do Hospital Regional do Agreste, que faz parte de um pacote de obras que inclui ainda a ampliação do Núcleo de Reabilitação Física, do setor administrativo e da Unidade de Terapia Intensiva. Ainda no primeiro semestre de 2012, serão entregues os 70 novos leitos da enfermaria de ortopedia e as novas salas de cirurgia do bloco cirúrgico do HGA.

0 comentários:

Postar um comentário

DESCRIÇÃO-AQUI.