RÁDIO BITURY

Postagem em destaque

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL NO AR COQUETEL MOLOTOV 2016 - ETAPA BELO JARDIM

Apresentado pelo Instituto Conceição Moura, o festival No Ar Coquetel Molotov chega ao seu segundo ano na cidade de Belo Jardim, tra...

EVENTO; AEB - FBJ

EVENTO; AEB - FBJ

sábado, 6 de julho de 2013

Encerramento do Comício de Hilário 27 em Brejo da Madre de Deus



Palanque ficou pequeno para tantas lideranças políticas que declararam seu apoio a Hilário. Fotos: Sidney Lima.

No último comício de encerramento da campanha para as eleições suplementares de Hilário Paulo (PSDC) e de sua vice Maria José (PDT), realizado nesta quinta-feira (04) na sede em Brejo da Madre de Deus, várias lideranças estaduais estiveram presentes e discursaram para um público de milhares de pessoas.


Dentre eles estavam o prefeitos de Caruaru José Queiroz (PDT) e de Santa Cruz Edson Vieira, os deputados Waldemar Borges (PSB), Pastor Eurico (PSB), Luciana Santos (PCdoB), Wolney Queiroz (PDT) e João Fernando Coutinho (PSB), além de Diogo Moraes (PSB) que foram declarar seus apoios ao candidato.
No seu discurso, Hilário agradeceu a todas as lideranças que estiveram com ele durante a campanha e também no palanque, onde falou sobre a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que retirou aproximadamente 1500 títulos eleitorais que não estavam aptos a votar no domingo.

“A decisão da ultima quarta-feira 03 foi, simplesmente, para modificar e tirar aproximadamente 1500 eleitores que se inscreveram e que iam participar desta eleição onde iam votar em outras pessoas que nem sabem quem são. Ontem o TSE corrigiu isto”, declarou.


Dentre as lideranças estavam o prefeito de Caruaru Zé Queiroz e vários deputados federais e estaduais de várias partes do estado.
Em seguida, o político fez críticas aos seus adversários, destacando sua permanência a frente da prefeitura de Brejo e os pedidos na justiça para impugnar seu registro de candidatura.

“Por várias e várias vezes, tentaram tirar o meu direito de estar na prefeitura, mas a Justiça prevaleceu e eu permaneci à frente. Mas (os adversários) acharam pouco e tentaram indeferir a minha candidatura, mas a Justiça prevaleceu e disse que Hilário vai ser o prefeito do Brejo sim!”.

Hilário também destacou o pouco aporte financeiro de sua campanha e ratificou algumas de suas propostas de governo, caso seja eleito, especialmente a implantação da Bolsa Renda Municipal.

Bolsa Renda Municipal será uma das prioridades a serem implantadas no social, afirma Hilário caso seja eleito.“Irei criar um bolsa renda municipal, onde iremos aumentar a renda daquelas famílias mais carentes como a minha família é. O que tem crianças matriculadas na escola, em convênio com a Secretaria de Educação e de Assistência Social, iremos aumentar o Bolsa Renda, ao contrário deles (os adversários) que querem acabar”, completando para que as pessoas que votem nele acreditem também nas pessoas que dividiram o palanque, no qual os chamou de parceiros.

“Vejam as pessoas que irão me ajudar junto com vocês, junto com a prefeitura popular que iremos implantar em Brejo da Madre de Deus. Esses aqui serão os meus parceiros, os deputados federais e estaduais, os prefeitos da região… Todos serão os nossos parceiros e, principalmente, o povo”.




Hilário (centro) ao lado de Dr. Edson Sousa, Edson Vieira e Zé Queiroz.

A partir daqui, o tom do discurso mudou e Hilário começou a atacar seus adversários, enfatizando uma possível estratégia de tentar confundir o seu eleitorado com santinhos que, segundo o político, serão jogados na madrugada que antecede a votação. Resultado de pesquisa do Datavox e críticas ao grupo taboquinha foram os focos de Edson Vieira em último discurso da campanha




Edson Vieira partiu para a o ataque em seu último discurso.

Parceiro de Hilário desde o começo da campanha para as eleições suplementares, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Edson Vieira (PSDB) começou seu discurso na ofensiva contra os adversários de seu aliado.“Nossos adversários estiveram aqui e eu ouvi dizer que foi uma esculhambação só. Nos destrararam, falaram mal da minha pessoa, do prefeito Hilário, de Dr. Edson e de Diogo Moraes, mas o povo de Santa Cruz do Capibaribe sabe o que estamos enfrentando”, ressaltou, citando pontos como escolas acabadas, frota sucateada, servidores, médicos e professores sem receber e uma dívida de mais de R$ 9 milhões em INSS. Sem aliviar, Edson destilou ataques contra o deputado José Augusto Maia (PTB) e o grupo taboquinha.“Pedimos para fazer uma auditoria e sabe o que foi comprovado? Um desvio do deputado (José Augusto Maia) e de um grupo que foi mais de R$ 50 milhões levados dos cofres públicos. Eu seria omisso em não dizer ao povo de Brejo que tomem cuidado com aqueles que estão do outro lado” e completou que “Nós não podemos entregar o município de Brejo da Madre de Deus para aqueles que acabaram, que tiraram a merenda do povo de Santa Cruz. Hoje, porque não tem mais uma prefeitura, se juntaram para enganar o povo”, pontuou.

Edson também falou sobre a pesquisa divulgada na última quinta-feira (04), no blog do jornalista Magno Martins, duvidando da credibilidade dos resultados que apontaram Asfora com larga vantagem nas urnas. “Faltando quatro dias para terminar as eleições (de Santa Cruz do Capibaribe em 2012), soltaram uma pesquisa dizendo que meu adversário (José Augusto Maia) estava na frente, dizendo que ele tinha 46% e eu 43%. Mas sabe de quem foi essa pesquisa? Quem fez foi o deputado federal lá de Santa Cruz, que contratou uma pesquisa de um instituto de Campina Grande (Datavox). O mesmo que hoje disse que Hilário estava perdendo”, ressaltou.

Ao final, Edson Vieira pediu para que cada eleitor seja um militante na busca de mais votos para eleger Hilário nas urnas no próximo domingo (07). Depois todos saíram em passeata e carreata pelas ruas.



Deputada Luciana Santos.



Candidata a vice Maria José do Tambor.

Blog do Ney

Nenhum comentário:

Postar um comentário